A melhor versão de mim

2.8.18

















Não. Eu não costumo ser amiga de minhas versões posteriores
, disse ela com medo nos olhos. Nem das anteriores! E, diante de mim, um pouco mais à frente, ela disse: Não precisa ter medo do que te espera. Vai chegar naturalmente. E, mesmo que eu concorde com o filósofo[1] de que nunca tomamos banho em um mesmo rio, é sempre o banho último o melhor deles. Assim como, o que eu sou agora é sempre a melhor versão de mim... 
.
Abracei-me forte, como que me despedindo de quem eu era e logo abri meus braços para receber aquela que eu me tornaria no instante seguinte. E no outro, e no amanhã, e incessantemente... Finalmente saltei em voo livre, na certeza de que jamais esqueceria, outra vez, que as mudanças sempre fariam parte da caminhada! Prometi, naquele momento, que tentaria com todas elas de mim, nas mais diferentes fases de meus tantos 'eus', ser alguém melhor e mais feliz em todos os meus agoras... E, assim, meu presente do indicativo seria, ininterruptamente, o meu melhor presente!



[1] “Ninguém pode tomar banho duas vezes nas águas do mesmo rio”, frase de Heráclito de Éfeso, filósofo pré-socrático. Aproximadamente 535 a.C. - 475 a.C. Nasceu em Éfeso, cidade da Jônia (atual Turquia).

2 comentários:

  1. Sutileza, linhas de verdade - em poesia. Obrigada por inspirar meu dia com teus escritos.

    ResponderExcluir
  2. Linhas poéticas de mão dupla, hihi! Também me inspiras com os teus escritos, amiga! TE AMO!

    ResponderExcluir

Curtiu? Não curtiu?
Então comenta aqui!

Tecnologia do Blogger.