Porque o que não existe também é sentido

14.5.18

Algumas vezes o que não é dito que nos toca.
O não verso de um poema,
A falta de uma nota na música,
Porque o silêncio também faz barulho…

O desejo de um cruzar de olhares,
As mãos que não se tocaram,
Os lábios que não se beijaram,
Porque o vazio também é completude…

Passos por um caminho diferente,
O cheiro que a gente não sente,
Um abraço de alguém inexistente,
Porque a ausência também se faz presente…

Querer provar o sabor que faz falta,
O instrumento que encanta sem se ouvir,
Deixar de buscar o que se almeja,
Porque permanecer também é fugir…

Nenhum comentário:

Curtiu? Não curtiu?
Então comenta aqui!

Tecnologia do Blogger.