ANDRÉIA PIRES e seus múltiplos talentos literários e culturais

21.11.17


A primeira pessoa que me veio à cabeça para inaugurar a parte literária da seção Inspirações foi a Andréia. Não nos conhecemos profundamente, mas o talento dessa guria é indiscutível. E ela me traz uma sensação gostosa ao lê-la e vê-la, ainda que, em grande parte das vezes, virtualmente. Aconchego seria a palavra que mais chega perto de descrever o que sinto... 
.
E, como dito por ela mesma na entrevista, suas escolhas profissionais tinham por objetivo se aproximar o máximo possível da literatura (eu entendo bem ela, rs) e foi o que ela fez! É formada em Letras, Jornalismo. Tem mestrado em História da Literatura e Doutorado em Escrita Criativa. Além dos inúmeros projetos os quais fez e faz parte. 
.
Convido você a mergulhar um pouquinho mais no universo literário da professora, jornalista, escritora (e muito mais!) Andréia Pires...


1) Fala um pouco sobre ti e de teu trabalho.

Fiz escolhas profissionais buscando chegar o mais perto possível da literatura, da produção literária. E foi querendo ser escritora que acabei virando jornalista e professora, primeiro do ensino fundamental, atuando na alfabetização, e em seguida de Português/Espanhol e literaturas. Insisti no caminho acadêmico no mestrado, em História da Literatura, e no doutorado, em Escrita Criativa, pelo mesmo motivo e não me arrependo. Talvez não haja em mim ainda uma escritora suficientemente amadurecida, mas sei que há sementes.

Afora o jornalismo, que é meu trabalho oficial, gosto de me dedicar à narrativa de ficção. Prefiro os contos, mas no último ano me experimentei em uma história mais longa, um romance, e fui bem feliz. Acho que encontrei o formato em que me sinto mais à vontade para inventar.


2) Olhando para trás, lá quando decidiste seguir nessa área/carreira, o que dirias que te motivou? Ou quem?

O acesso à biblioteca da escola no Ensino Médio, a primeira aula específica de literatura, o jornal impresso. Fui percebendo que a palavra escrita tem um poder imenso de organizar e de propor o mundo; eu queria propor mundos. Então, tomar aos poucos esse poder para me expressar passou a ser meu principal desafio na vida.

3) Se fosses fazer um balanço com os trabalhos que já realizaste, qual tu consideras ser o mais importante deles? Pode ser porque te rendeu maior satisfação pessoal, financeira... enfim! O que te dá o maior orgulho de ter feito.

A escrita já me permitiu participar e promover um monte de projetos bacanas, principalmente em colaboração com outros artistas. Mas considero mais importante o último, o romance que foi também a minha tese de doutorado em Escrita Criativa chamado “O céu riscado na pele”. O processo criativo foi uma imersão em estudos, referências e vivências teóricas e pessoais que mudou o meu jeito de pensar o ser mulher (um dos temas centrais do trabalho) e de viver, mesmo, os dias. Sem contar que dá um alívio enorme conseguir alcançar um objetivo complexo como o de criar uma narrativa longa.

4) Aonde tu queres chegar? Já alcançaste o que desejavas com o que fazes?

Sinceramente, não sei aonde quero chegar, sei que quero ir. Preciso ir.

Um dos meus desejos de futuro é ver Rio Grande mais aberta e interessada, de verdade, em arte e em seus artistas. Quero viver numa cidade que se enxerga por uma perspectiva nova, de autoestima fortalecida, de acolhida da própria história e também de sintonia com o contemporâneo. Espero que o meu trabalho possa contribuir com essa ideia.


5) Para quem quiser conhecer e contratar os teus serviços, onde devem te procurar? Quais tuas redes?

Andréia Pires

Contato

Facebook

Sobre meu envolvimento com produção cultural e com edição independente, o caminho é por aqui:

Mundo Moinho

Facebook da Mundo Moinho

Concha Editora

Facebook da Concha Editora

6) Como te definirias como artista? Pode ser em uma palavra, uma frase, um parágrafo... Sinta-se livre!

Pergunta difícil. Embora pense sobre isso todos os dias, ainda não sei responder. É uma construção sem fim, acho, essa de se fazer artista. É um horizonte.

7) Influências... Tens? Tu te inspiras em alguém? Fale um pouco sobre isso...

Poderia citar uns quantos escritores canônicos que me influenciam e que me estimulam a estudar sobre literatura e a produzir, mas nos últimos tempos, tenho recorrido aos exemplos que estão ao meu redor, em especial às mulheres escritoras com quem tenho o privilégio de conviver de alguma forma, e para isso a internet é um presente. Daniela Delias e Natália Borges Polesso são duas escritoras que têm me inspirado bastante.

8) Por último, meio que “Corrente do Bem” (risos), queria te pedir para indicar alguém - na mesma área que atuas - que consideres ser um anônimo ilustre e inspiração no que faz.

Ju Blasina. Uma poeta que está prestes a lançar seu primeiro livro solo, o 8 horas por dias. Vale a pena conhecer pelo menos alguns minutos da poesia dela.

Obrigada, Andréia, por essa linda entrevista! Foi um grande prazer ter a oportunidade de te conhecer um pouquinho mais.
.
Lembrando que, no momento em que a entrevista ocorreu, a Ju Blasina ainda não havia lançado o seu livro 8 horas por dia, mas agora ele já foi e está disponível pela Concha Editora.
.
Deixo registrada, aqui, minha enorme admiração pela Andréia. Destaco o trabalho dela com toda a comunidade riograndina... Rio Grande (minha cidade!) tem excelentes artistas, nas mais diversas áreas. E quanto mais "Andréias" tivermos apoiando, orientando e estimulando, não somente estes artistas, mas a população em geral, a prestigiarem eventos culturais e artistas locais, mais o cenário evoluirá e se destacará por esse Brasil.
.
PARABÉNS, Andréia é um orgulho te ter aqui no blog e em terras gaúchas!     

2 comentários:

  1. Mitcheeeeeia, que projeto bonito! Fico muito honrada com o teu convite e agradecida com as tuas palavras tão carinhosas. Sabes que estamos conectadas de muitas maneiras e juntas sempre, em qualquer tempo e qualquer distância. Vamos começar a dar jeito nisso de nos conhecer profundamente? Quando voltar a Rio Grande, tem um café marcado comigo. :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua linda!!! MUITO obrigada por esse carinho, pelas dicas, apoio e tudo mais! Concordo com nossa conexão e o café já está devidamente pré-agendado! O convite é recíproco: caso apareça por Porto Alegre, tens um café marcado comigo também!!!

      Excluir

Curtiu? Não curtiu?
Então comenta aqui!

Tecnologia do Blogger.